Principais sintomas da Ansiedade e 7 dias para controlá-los

Nosso atual estilo de vida tem potencializado (e muito!) doenças como a ansiedade, a depressão, a síndrome do pânico, dentre outras. Porém, ainda sabemos muito pouco sobre elas. Muitos mitos e desinformação giram em torno desses que são problemas gravíssimos e de efeitos devastadores, quando não cuidados. Por isso, vamos falar um pouquinho nesse texto sobre os principais sintomas da ansiedade e vamos dar algumas dicas para controlá-los e ter mais qualidade de vida!

Todo mundo já se sentiu ansioso. Quem nunca teve aquela dorzinha de barriga antes de uma entrevista de emprego ou sentiu as mãos suarem enquanto ia para aquele encontro com o crush? Suar, tremer, gaguejar, são sintomas da ansiedade.

sintomas da ansiedade - 1

Ter sintomas de ansiedade de vez em quando é absolutamente normal. Mas quando convivemos com eles por muito tempo do nosso dia e isso começa a prejudicar nossa qualidade de vida, é porque precisamos dar uma atenção maior a isso e, quem sabe, buscar ajuda.

A ansiedade causa sintomas psicológicos, que não são evidentes para quem está de fora, dificultando muito a empatia e a real noção de que a pessoa ansiosa está sofrendo. Mas ela causa também muitos sintomas físicos, que são muito desconfortáveis e muitas vezes incapacitantes.

Principais sintomas da ansiedade:

sintomas da ansiedade - sensacao

Os principais sintomas psicológicos são

  • Agitação e balanço das pernas e dos braços
  • Nervosismo
  • Dificuldade de concentração
  • Preocupação
  • Medo constante
  • Sensação de que algo ruim vai acontecer
  • Descontrole sobre os próprios pensamentos
  • Preocupação exagerada em relação à realidade

Já os principais sintomas físicos são:

  • Enjoo e vômitos
  • Tontura ou sensação de desmaio
  • Falta de ar ou respiração ofegante
  • Dor ou aperto no peito e palpitações no coração
  • Dor de barriga, podendo ter diarreia
  • Roer as unhas, sentir tremores e falar muito rápido
  • Tensão muscular, causando dor nas costas
  • Irritabilidade e dificuldade para dormir

Além dos sintomas da ansiedade, são vários os tipos e manifestações dela.

A ansiedade aguda é a presença de um ou mais desses sintomas em determinada situação específica, como o primeiro dia de um emprego novo, o dia do casamento, uma briga ou algum problema financeiro. É importante que haja uma atenção e um cuidado para que não se torne um caso de ansiedade crônica.

A ansiedade generalizada é a presença de 3 ou mais sintomas, físicos ou psicológicos, quase que diariamente. Se você se sentiu assim nos últimos 4 a 6 meses, busque ajuda de um psiquiatra e de um psicólogo, que irão indicar o melhor tratamento para o seu caso.

O transtorno de ansiedade está diretamente relacionado com síndromes, fobias, estresse excessivo, transtorno de obsessão, distúrbios, TOC, enfim tudo que não permite que uma pessoa possa viver em paz com outras (ou com ela mesma).

A crise de ansiedade é caracterizada pelos sintomas mais físicos. Então, pode ser o suor frio, atropelamento de falas, boca seca. Ou seja, tudo o que é relacionado com sentimentos físicos, considera-se como crise. A ansiedade aguda, portanto, pode ser caracterizada por crises de ansiedade em situações específicas ou não (se os sintomas forem apenas psicológicos).

Há ainda os ataques de ansiedade, que são conhecidos popularmente como “Crises de Existência”. Os ataques de ansiedade acontecem quando começamos a questionar tudo: “Por que estou vivo”, “E se eu me matar?”, “Será que vou enlouquecer?”.

sintomas da ansiedade - 2

E vale lembrar que todos esses “tipos de ansiedade”, além dos incômodos e sintomas já mencionados, a longo prazo podem afetar muito a saúde do nosso corpo, diminuindo nosso sistema imunológico, facilitando o aparecimento de gastrite, úlceras, problemas cardíacos, respiratórios e até metabólicos.

Mas, por favor, não surte! Porque a boa notícia é que tem como resolver.

sintomas da ansiedade - 3

Como já falado, a depender da gravidade de cada caso, é essencial o apoio de profissionais qualificados no tratamento da ansiedade. Não hesite em buscar um médico psiquiatra e um psicólogo para te ajudarem nessa caminhada.

E existem também alguns métodos naturais de controle e diminuição da ansiedade que você pode usar em paralelo ao seu tratamento ou até mesmo só eles, se o seu caso for inicial e mais leve. Vamos para alguns exemplos!

Como controlar os sintomas da ansiedade

1. Respire

O primeiro e talvez mais importante método contra a ansiedade é a respiração. Geralmente, quando temos um ataque de pânico, começamos a hiperventilar. Nessa hora, o melhor a fazer é respirar profundamente. Assim, oxigenamos o cérebro e reduzimos a sensação de estresse.

Inale o ar durante 4 segundos, segure a respiração durante 2 ou 3 segundos e, por fim, demore 4 segundos para liberar o ar.

sintomas da ansiedade - respiracao

Caso sinta dificuldade em se acalmar e respirar, experimente retirar o ar de dentro de um saco de papel pardo. O saco enche de dióxido de carbono e inspirar este ar restaura bem mais rápido o balanço de oxigênio/dióxido de carbono, fazendo assim as sensações desagradáveis desaparecem. Essa técnica vai ajudar a acalmar o ritmo acelerado da respiração.

sintomas da ansiedade - repiracao 2

Quando sentir que está mais estável, dê início à simples respiração profunda. Respire assim até sentir os músculos relaxados e a mente mais vazia.

2. Faça exercícios físicos

Atividades físicas liberam endorfina, substância que traz ao corpo uma sensação gostosa de paz e de felicidade, ajudando muito com a diminuição do estresse e da ansiedade. Não precisa ser nada muito radical! Corrida, natação ou mesmo pilates e ioga são suficientes para te trazer bem-estar.

3. Pratique Mindfulness

sintomas da ansiedade - mindfulness

Mindfulness é uma tradução para inglês da palavra Sati e é definido como “a capacidade de atenção plena”. A ideia é a de estarmos conscientes do que se passa no nosso corpo, na nossa mente, nos nossos pensamentos e nas nossas emoções. Ou seja, de nos lembrarmos de prestar atenção e ter consciência de nós mesmos.

Existem muitos benefícios comprovados com a prática diária do Mindfulness, como o combate à ansiedade e à depressão, melhora do sono, diminuição da irritabilidade e do estresse. Nossa memória também melhora, assim como nossa criatividade, resistência mental e física aumentam.

4. Tome remédios naturais

Para amenizar os sintomas da ansiedade, adicione ao seu dia a dia alimentos com efeitos calmantes como suco de maracujá, alface, chá de camomila. Evite estimulantes como o açúcar e a cafeína. Tenha sempre no bolso o um lenço borrifado com óleo de lavanda dissolvido em água. Esse aroma tem propriedades calmantes. Dê uma chance, também, aos florais.

5. Faça atividades relaxantes

sintomas da ansiedade - atividades

Por fim, experimente incorporar aos seus hábitos atividades prazerosas e relaxantes. A meditação e os pensamentos positivos têm efeitos extraordinários na nossa vida.

Escrever sobre seus sentimentos ajuda muito a colocar para fora as sensações ruins. Se preferir, converse com alguém querido. Palavras de afeto e apoio são fundamentais, então cerque-se de pessoas que te amem.

Saia de casa, tome um solzinho, ria com amigos e afaste-se de pessoas e situações desagradáveis. Banhos mornos e massagens relaxantes também podem ser muito terapêuticos, além de uma boa noite de sono.

A música é uma forte aliada! Ouça músicas relaxantes, animadas e que te façam sentir bem.

6. Experimente as diversões cognitivas

sintomas da ansiedade - cognitivas

Existem vários exercícios mentais que podem ocupar a sua mente e te distrair dos pensamentos ruins. Esse tipo de estratégia se chama diversão cognitiva. Por exemplo, experimente contar apenas os números ímpares de 1 a 100. Liste todos os filmes de que você mais gosta. Nomeie todos estados do seu país, por ordem alfabética. Declame o seu poema favorito ou cantarole a melodia da sua canção predileta.

7. Em casos de crise aguda…

Cante! Cantar uma música que você gosta vai te ajudar a esvaziar a mente e trazer a sensação de bem-estar quando os sintomas da ansiedade aparecerem.

Se chegar a vomitar, tome um banho de água quente com uma camiseta vestida. Dessa forma você vai sentir uma sensação de conforto e relaxamento. Fique no banho o tempo que precisar até sentir o corpo e a cabeça descansados. Depois, deite e tente dormir.

Se pressentir um ataque durante a madrugada, caminhe pelo quarto respirando lenta e profundamente.

Não tenha receio de pedir ajuda da família e amigos. O suporte emocional vai fazer muita diferença.

sintomas da ansiedade - amigos

Lembre sempre que você não está sozinha e que tudo isso vai passar!

Um grande Beijo

Thaisa Hahnemann

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s